Humano de Estimação

Madrugada clara se fazia
quando sem-nome despertou.
Seu humano ainda dormia
e muito ainda dormiria
mas sem-nome se levantou.

Bocejou sua fome e sono
e seu corpo úmido espreguiçou;
urinou no poste, feito dono,
e cheirou no ar o abandono
que aos dois a vida legou.

Procurou nos sacos de lixo
por algo de bom e não achou;
deixou nos sacos outro esguicho
e aos pés do humano, feito bicho
estimado e fiel, retornou.

Rubens Figueiredo
Publicado no Recanto das Letras em 08/10/2008
Código do texto: T1217188

Publicado em Principal | Deixar um comentário

COMPOSIÇÃO – Carlos Drummond de Andrade

Composição

E é sempre a chuva
nos desertos sem guarda-chuva,
algo que escorre, peixe dúbio,
a cicatriz, percebe-se, no muro nu.

E são dissolvidos fragmentos de estuque
e o pó das demolições de tudo
que atravanca o disforme país futuro.
Débil, nas ramas, o socorro do imbu.
Pinga, no desarvorado campo nu.

Onde vivemos é água. O sono, úmido,
em urnas desoladas. Já se entornam,
fungidas, na corrente, as coisas caras
que eram pura delícia, hoje carvão.

O mais é barro, sem esperança de escultura.

Carlos Drummond de Andrade

Publicado em Principal | Deixar um comentário

DESIDERATA

Autor Desconhecido
Achado na igreja de Saint Paul, em Baltimore, 1692
Vá calmamente, entre o barulho e a pressa, e lembre-se da paz que somente existe no silêncio.

Na medida do possível, e sem se atraiçoar, tenha boas relações com todas as pessoas.

Diga a sua verdade quieta e claramente. Ouça os outros, mesmo os obtusos e ignorantes. Eles também têm uma estória a contar.

Evite as pessoas ruidosas e agressivas. Elas são tormentos para o espírito.

Se você se comparar aos outros, você se tornará ora vaidoso, ora amargo, pois há sempre pessoas que lhe são inferiores ou superiores.

Goze tanto as suas realizações quanto os seus sonhos. Mantenha-se interessado naquilo que você faz, por humilde que seja. Aquilo que você faz é algo que você realmente possui, num tempo em que tudo muda sem parar.

Pratique a prudência nos seus assuntos comerciais, pois o mundo está cheio de trapaças. Mas não deixe que isto o faça cego para as virtudes que existem. Muitas pessoas se esforçam por ideais altos. Por toda parte a vida está cheia de heroísmo.

Seja você mesmo. Não finja afeição. E nem seja cínico acerca do amor. A despeito da aridez e do desencanto, ele renasce tão teimosamente quanto a tiririca.

Aceite com elegância o conselho dos anos, deixando graciosamente para trás os prazeres da juventude. Crie força de espírito para proteger-se na desgraça repentina. Não se aflija, porém, com coisas imaginadas. Muitos temores nascem do cansaço e da solidão.

Tenha uma disciplina saudável, mas seja gentil para consigo mesmo. Você é um filho do universo, tanto quanto as árvores e as estrelas. Você tem o direito de estar aqui. E, quer você saiba disto ou não, o fato é que o universo caminha como deve. Por isto, esteja em paz com Deus, não importa como você pensa que ele é.

A despeito da barulhenta confusão da vida, mantenha-se em paz com a sua alma.

Com todos os seus enganos, labutas e sonhos não realizados, este continua a ser um belo mundo. Cuide-se. Esforce-se por ser feliz…

Publicado em Principal | Com a tag , , , , , | Deixar um comentário

NetAL

Clique:

História do Natal digital

Publicado em Principal | Deixar um comentário

Filtro solar!

Filtro Solar
por Pedro Bia
l

Filtro solar!
Nunca deixem de usar o filtro solar
Se eu pudesse dar só uma dica sobre o futuro seria esta:
usem o filtro solar!

Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude.
Ou, então, esquece…
Você nunca vai entender mesmo o poder e a beleza da juventude até que tenham se apagado.

Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que pré-ocupação
é tão eficaz quanto mascar chiclete
para tentar resolver uma equação de álgebra.

Todo dia, enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade.
Cante.

Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.
Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima,
às vezes por baixo.
A peleja é longa e, no fim,
é só você contra você mesmo.
Não esqueça os elogios que receber.
Esqueça as ofensas.
Se conseguir isso, me ensine.
Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extratos bancários velhos.
Estique-se.

Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam,
aos 22, o que fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.
Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.

Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos 40, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.
Dance.

Brother and sister
Together we’ll make it through
Someday your spirit will take you
And Guide you there
I know you’ve been hurtin’
But I’ll be waiting to be there for you
And I’ll be there just helping you out
Whenever I can
Everybody’s free…

Dedique-se a conhecer os seus pais.
É impossível prever quando eles terão ido embora, de vez.
Seja legal com seus irmãos. Eles são a melhor ponte com o seu passado
e possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no futuro.
Entenda que amigos vão e vem, mas nunca abra mão de uns poucos e bons.

More uma vez em Nova York, mas vá embora antes de endurecer.
More uma vez no Havaí, mas se mande antes de amolecer.
Viaje.

Cuidado com os conselhos que comprar,
mas seja paciente com aqueles que os oferecem.
Conselho é uma forma de nostalgia.
Compartilhar conselhos é um jeito de pescar o passado do lixo, esfregá-lo,
repintar as partes feias e reciclar tudo por mais do que vale.

Mas no filtro solar, acredite!

Clieuq epara ver o vídeo: Filtro Solar!

Publicado em Principal | 1 comentário

A Imprensa apreensiva

A liberdade de imprensa é uma bandeira empunhada, em um punhado de lutas, pelo direito de livre manifestação do pensamento. Penso, logo, posso dizer o que penso!

Tornar-se público o conhecimento de poucos possibilita acelerar a evolução do aprendizado da coletividade. O acesso facilitado a informações diversas expande os horizontes mentais, encurta distâncias na educação, diverte e entretém. Além de prevenir mal-entendidos, brigas, guerras.

No entanto, sempre há um outro lado.

Na sombra da tela expositora, oculta sob as páginas ilustradas, muitas vezes se encontram más intenções, erros propositais, irresponsabilidades.

O modelo regente dos negócios do mundo, e aqueles que o antecederam, sempre serviram a um senhor: o capital, o clero, a belicosidade. E o interesse do mandante, na quase totalidade das vezes, se sobrepôs ao singelo desejo de apenas contar a verdade. Um jornal pode querer ser independente, mas tem que comprar papel. Uma emissora pode desejar ser livre, mas é uma concessão do governo e tem um dono. O jornalista pode ser muito bem intencionado, mas ganha pouco e tem patrão e editor.

A Internet trouxe uma nova perspectiva de universalização do conhecimento. Em apenas um quarto de século, praticamente tudo o que se procuraria nos livros e periódicos vaporizou-se na atmosfera virtual do planeta. Qualquer informação pode estar ao alcance de um clique.

Mas também a rede mundial pode se dizer livre e independente, na sua compleição física de teia e na sensação íntima de anonimato que oferece?

Pode um site, um blog, um aplicativo futuro qualquer, dizer o que quiser, sem ter por onde ser derrubado, assediado, pressionado?

Enquanto houver poder, a resposta será não!

Rubens Figueiredo

Presidente da Academia Portoclarense de Letras

Publicado em Principal | 1 comentário